ST. JAMES PARK

St. James Park, nome artístico de Tiago Sampaio, é um músico, produtor e compositor português.
Em 2012, fundou a banda GrandFather’s House, juntamente com a sua irmã, Rita Sampaio. Neste projeto editou um EP (Skeleton, 2014) e dois longa duração (Slow Move, 2016; Diving, 2017), realizando três tours europeias
de promoção dos álbuns.

Depois deste percurso na banda, Tiago decide começar uma nova aventura, explorando, desta vez, a música electrónica. Foi aí que St. James Park começou a ganhar forma. Inspirado pelos seus sintetizadores e pelos
instrumentos espalhados e meio perdidos pelo seu estúdio, lança em 2020 o seu álbum de estreia, “Highlight”.
Este disco retrata uma pessoa que vive na dicotomia luz/escuridão e que vai aprendendo a lidar com a natureza volátil das suas emoções e humores, que oscilam entre o pessimismo e o otimismo. É também uma narrativa
que explora a relação entre vícios e rotinas, assim como memórias, enquanto base do quotidiano. Neste projeto, contou com a participação de artistas como Lince, Noiserv e Ivy.

Depois de “Highlight”, teve oportunidade de integrar o álbum “Oasis Nocturno (Remixed)” de TOKiMONSTA e, ainda, lançar remixes para bandas como First Breath After Coma e Sensible Soccers. Em junho de 2021, Park lança a NFT “Cobras” com Conan Osiris, Holly e Pedro Mkk. Em fevereiro de 2022 edita o EP “Rewind”, numa abordagem mais clubbing e mais dançável.

Ao longo dos últimos anos, tem vindo também a trabalhar dentro de outros meios artísticos. Na. dança, deu som ao vídeo “Alongside”, coreografado e realizado por Olaf Kollmannsperger (Staatballett Berlin), onde dois bailarinos de nacionalidades russa e ucraniana dançam em conjunto — uma iniciativa de sensibilização para a situação política que se vive de momento. Também já participou em projetos no mundo da moda, colaborando com o estilista Veehana na apresentação das suas coleções na Moda Lisboa 2021 e 2022. No cinema, destacam-se o seu último trabalho com a artista Cláudia Guerreiro — um cine-concerto em que musicaram, em tempo real, o filme “Häxan”, bem como a trilha sonora para a curta-metragem “Parallèle” (2021) de Michael
Karnow (“CatDog”, “Alphas”, “Jeff 1000”) e André Alves.

%d bloggers like this: